Tv Correio do Cariri

Deputado reage a declaração de RC e recomenda: “Ele devia ficar calado”


O deputado estadual Anísio Maia (PT) rebateu, nesta quarta-feira (10), declarações do governador Ricardo Coutinho (PSB) que chamou de “doentes” os críticos as ações da Polícia do Estado. A fala do governador aconteceu após deputados estaduais cobrarem soluções de crimes na Paraíba.

“Sinceramente isso não é postura de um governante que queira ser respeitado na sua região. Agora o governador nos chamou de doentes. Doentes porque? O governador deveria ter ficado calado”, disparou o líder da oposição na tribuna da Assembleia Legislativa.

De acordo com Anísio Maia, em todas as ocasiões, ao invés de Ricardo Coutinho prestar informações administrativas a sociedade, passa a atacar quem ousa expressar qualquer crítica ao seu governo.

Anísio também comentou o fato do chefe do Executivo estadual chamar de “frustrados” quem fez comentários negativos ao trabalho da Polícia do Estado.

De acordo com o parlamentar, o governador atribui a frustração ao fato da Polícia ter atuado "tão bem" para desvendar o sumiço da estudante Fernanda Ellen, em João Pessoa, mas que o mérito na ação existosa foi dos policiais e não dos aparatos tecnológicos fornecidos pela administração estadual.

“Qual foi a tecnologia utilizada para desvendar esse caso. Foi utilizado os recursos mais rústicos possível. A jovem que ajudou a encontrar o assassino foi colocada dentro de um carro até a encontrar o criminoso. Esse é um método da Idade das Cavernas”, alfinetou.


Redação: Roberto Targino
Fonte: MaisPB
Deputado reage a declaração de RC e recomenda: “Ele devia ficar calado” Deputado reage a declaração de RC e recomenda: “Ele devia ficar calado” Reviewed by SuporteON on 12:20 Rating: 5

Nenhum comentário:

Espaço para interação entre os usuários e o Correio do Cariri. É importante salientar que as opiniões expressas não representam a opinião do nosso portal nem de seus organizadores.

Não somos responsáveis pelo material divulgado pelos usuários.

Tecnologia do Blogger.