Tv Correio do Cariri

Manoel Júnior considera que projeto pessoal levou à saída de Santiago


O deputado federal Manoel Júnior (PMDB) comentou hoje à tarde, em entrevista ao Parlamentopb, a desfiliação do colega e ex-senador Wilson Santiago, que assinará na quarta-feira, 3, em Brasília, a ficha de filiação ao PTB. Para ele, a motivação para a mudança de partido não foi política, mas sim de ordem pessoal:

- No PMDB, Wilson Santiago foi muito prestigiado. Em 2010, José Maranhão e o Correio da Paraíba fizeram pesquisa para avaliar o potencial eleitoral dos candidatos ao Senado e Santiago aparecia com 2,6%. Eu tinha 15,9% e Vital Filho, 16,1%. Mesmo assim, ele foi o candidato e votamos nele com fervor. Não acredito que a motivação tenha sido política. O que existiu foi que Santiago atualmente tem um projeto pessoal e acredita que o PMDB não lhe permitiria realiza-lo, que é disputar o Senado.

Ao se reportar à tese de exclusão, Manoel chegou a declarar que quem teria motivos para se sentir desprestigiado seria ele:

- Fui preterido em 2004, quando Maranhão me fez renunciar para apoiar Ricardo Coutinho. Em 2010, quando não disputei o Senado e em 2012, quando Maranhão decidiu ser o candidato à prefeitura. Mas eu fiquei na minha e não fiz nada.

O parlamentar se mantém na corrida pela presidência municipal do PMDB, que segue sem diretório nem comissão provisória na capital paraibana:

- O PMDB está acéfalo. Sou candidato e espero que José Maranhão nomeei a comissão provisória, o que não sei quando acontecerá.
parlamento PB
Manoel Júnior considera que projeto pessoal levou à saída de Santiago Manoel Júnior considera que projeto pessoal levou à saída de Santiago Reviewed by Chico Lobo on 16:17 Rating: 5

Nenhum comentário:

Espaço para interação entre os usuários e o Correio do Cariri. É importante salientar que as opiniões expressas não representam a opinião do nosso portal nem de seus organizadores.

Não somos responsáveis pelo material divulgado pelos usuários.

Tecnologia do Blogger.