Tv Correio do Cariri

Segurança contesta dados mexicanos sobre violência em João Pessoa


Os dados divulgados pela ONG mexicana Consejo Cidadano para la Seguridad Publica Y Justicia Penal A. C. e que colocam João Pessoa como a 10ª cidade mais violenta do mundo geraram uma reação da Secretaria de Segurança e Defesa Social do Estado. O levantamento foi considerado "muito frágil" porque se baseia apenas em notícias divulgadas na internet. Algumas são notícias oficiais, como é o caso da nossa, em que a informação foi obtida no site do governo do Estado quando da divulgação do balanço 2012. O dado está correto, foram 518 homicídios em 2012 em João Pessoa. Mas, para outras cidades, as notícias não são baseadas em dados oficiais e por vezes é feita uma projeção para todo o ano, não com base no número consolidado. Em Belém e Brasília, por exemplo, a matéria se refere a crimes violentos como um todo e não apenas aos homicídios.

Há outros pontos vulneráveis na metodologia. Um deles é o fato de só comparar as cidades que divulgam seus números. Dos 5.570 municípios brasileiros, apenas 15 estão elencados no estudo (0,2% do total), e, entre as 27 capitais, apenas 55% foram incluídas na pesquisa.

Há mais fragilidades no estudo. Ele não tem abrangência mundial pois só conseguiu dados de 50 municípios do mundo inteiro, em apenas 12 países dos 193 do mundo. E, dentre estas 50 cidades, apenas 3 não são da América Latina, pois a África do Sul foi o único observado fora desse continente.

O resultado fica contestável ainda porque ficaram de fora cidades muito importantes, como São Paulo, Rio de Janeiro, Florianópolis, Porto Alegre, Teresina, Aracaju e Natal.

Para comparar os municípios, a pesquisa leva em conta apenas a taxa de homicídios por 100 mil habitantes, e não se o número representa um aumento ou queda em relação aos anos anteriores. Em João Pessoa, os 518 homicídios em 2012 representam redução de cerca de 13% em relação ao ano anterior. Mesmo assim, para a pesquisa, João Pessoa está numa situação pior que outros municípios, como Fortaleza, que registrou 1.628 mortes em 2012. Em números absolutos, é menor que João Pessoa, mas representa aumento de 47% em relação a 2011. Já Belo Horizonte registrou aumento de 3%; Salvador aumentou 12,5%; São Luiz aumentou 22% e Vitória reduziu apenas 2,8%.
Segurança contesta dados mexicanos sobre violência em João Pessoa Segurança contesta dados mexicanos sobre violência em João Pessoa Reviewed by Chico Lobo on 15:16 Rating: 5

Nenhum comentário:

Espaço para interação entre os usuários e o Correio do Cariri. É importante salientar que as opiniões expressas não representam a opinião do nosso portal nem de seus organizadores.

Não somos responsáveis pelo material divulgado pelos usuários.

Tecnologia do Blogger.