Tv Correio do Cariri

Grupo da Paraíba é o vencedor do Festival de Quadrilhas da Globo NE

Moleka 100 Vergonha usou o canto como suporte para o enredo campeão.
Quadrilhas pernambucanas ficaram em terceiro e quarto lugares.


A quadrilha junina Moleka 100 Vergonha, da Paraíba, foi a vencedora do Festival de Quadrilhas Juninas, promovido pela Globo Nordeste. A final regional, com grupos de todos os estados nordestinos, foi disputada na noite do sábado (29) e entrou pela madrugada deste domingo (30), no Pátio de Eventos do Cabo de Santo Agostinho, no Grande Recife

O segundo lugar ficou com a Arraial Balão Dourado, do Rio Grande do Norte, seguida pelos dois grupos pernambucanos, Tradição e Raio de Sol, em terceira e quarta colocações, respectivamente.

A primeira a entrar no arraial foi a quadrilha Unidos em Asa Branca, de Sergipe. O grupo trouxe o tema "A saga dos desvalidos" e falou sobre a resistência e a fé dos sertanejos. A quadrilha Paixão Nordestina, do Ceará, apresentou o tema "Avesso do avesso", que falou sobre a paixão pela cultura junina e o amor de quem faz quadrilha.

A primeira quadrilha pernambucana a entrar no arraial foi a Tradição, do Morro da Conceição, que tinha como base do enredo a história do beijo. A quarta quadrilha da noite era da Bahia, a Capelinha do Forró. O grupo trouxe o tema "Neste São João, meu coração é seu .... Entre costumes e tradição, o amor venceu", que falava sobre a história de amor entre um casal de ciganos.

A quadrilha Amanhecer no Sertão, de Alagoas, encantou o público: o grupo fez uma homenagem ao Mestre Vitalino com o tema "Se do barro eu nasci, das mãos do criador recriado eu sou". A campeã Moleka 100 Vergonha surpreendeu o público com o tema "Na criação mais perfeita, o canto é do meu cantar; as aves que aqui gorgeiam não gorgeiam como lá". A Associação Cultural Arraial Balão Dourado veio representando o Rio Grande do Norte. I grupo falou sobre a origem do papel com o tema "São João de papel"O Maranhão foi representado pela quadrilha Arrastapé. O grupo surpreendeu o público e trouxe o tema "Sertão, fogueira, balão: uma história de amor que vira um filme de São João". A sexta quadrilha da noite foi o Grupo Cultural Lumiar, do Piauí, com o tema "Os donos da festa", que falou sobre as festas populares que acontecem entre os meses de janeiro a junho.

Quem encerrou a noite foi a campeã do Festival de Quadrilhas em Pernambuco, a Raio de Sol. O grupo, que veio do bairro de Águas Compridas, em Olinda, coloriu o arraial com o tema "Bumba meu boi bumbá, para contar e para dançar". O enredo se inspirou no folguedo do boi e no romance "Grande Sertão Veredas", de Guimarães Rosa.

Veja a pontuação das dez finalistas:

1) Moleka 100 Vergonha - Paraíba - 496,30
2) Arraial Balão Dourado - Rio Grande do Norte - 492,80
3) Tradição - Pernambuco - 490,80
4) Raio de Sol - Pernambuco - 481,00
5) Amanhecer no Sertão - Alagoas - 467,60
6) Paixão Nordestina - Ceará - 467,60
7) Unidos em Asa Branca - Sergipe - 457,40
8) Capelinha do Forró - Bahia - 455,50
9) Grupo Cultural Lumiar - Piauí - 436,60
10) Arrastapé - Maranhão - 432,70
Grupo da Paraíba é o vencedor do Festival de Quadrilhas da Globo NE Grupo da Paraíba é o vencedor do Festival de Quadrilhas da Globo NE Reviewed by Hugo Freitas on 20:48 Rating: 5

Nenhum comentário:

Espaço para interação entre os usuários e o Correio do Cariri. É importante salientar que as opiniões expressas não representam a opinião do nosso portal nem de seus organizadores.

Não somos responsáveis pelo material divulgado pelos usuários.

Tecnologia do Blogger.