Tv Correio do Cariri

Monteirense lança seu terceiro livro: Santana do Congo

Santana do Congo apresenta elementos ricos da cultura nordestina, e traz alguns traços das obras anteriores do autor - Eita Gota e Ciço de Luzia -. O livro conta a estória de Késsy Jones e a busca por seu pai. Envolvido em emoções ele conhece Fatinha de Zé Triango e abre espaço para que outros personagens entre na procura como Jair, Ageu, Andrelly, Rósemiro e Marcella.


A saga de Késsy Jones termina criando um balaio de sentimentos e capítulos hilariantes, juntando o prazer de viver sorrindo, ingrediente tão comum no Cariri paraibano.

Aliás, Efigênio mantem suas histórias no Cariri do estado. Os personagens do Eita Gota! (Latus-2012) saíram de Joao Pessoa para Monteiro, e os personagens de Ciço de Luzia (Latus-2010) se distribuíram entre Camalaú, Zabelê e Monteiro. Agora, os artistas de Santana do Congo se concentram entre Ouro Velho, Prata e Congo.

Santana Do Congo será editado pelas EDIÇÕES ALUMIAR, do CENTRO Cultural do Cariri (CUCA). O acerto final se deu no começo dessa semana entre o autor e o presidente de honra do CUCA, Evaldo Costa.

“O Centro Cultural do Cariri tem como base os artistas do Cariri paraibano, a literatura, o romance regional nos chega com muito orgulho e assim o CUCA cumpre sua missão, e mais, o Cuca estará presente não somente na edição do livro, mas em todos os lançamentos dessa obra que retrata boa parte de nossa região”, frisou Evaldo Costa.

Efigênio Moura é autor do livro Ciço de Luzia, adotado pela COMVEST para o vestibular da UEPB de 2014 e também autor da comédia Eita Gota! (Uma viagem paraibana).

Ciço de Luzia conta a estória da paixão de Ciço Romão por Luzia. Ciço é trabalhador da Fazenda Macaxeira e nutre um amor possível pela filha do patrão. A ficção se dá nos anos 70 e se ambienta no Cariri paraibano, especificamente em Monteiro, Zabelê e Camalau, os diálogos são quase todos no ‘matutês’, reproduzindo uma característica de alguns nativos do Cariri e Sertão paraibano.

A primeira obra do autor também reúne elementos típicos do Cariri paraibano. Lançado pela Editora da Universidade Estadual da Paraíba (Eduepb), através do selo Latus, publica “Eita Gota! uma viagem paraibana está na 3ª edição. O livro que tem o prefácio é do escritor Bráulio Tavares conta a estória de Das Neves, monteirense da Rua dos Pereiros que leva seu neto para pagar uma promessa na Basílica de Nossa Senhora das Neves, em João Pessoa. A subida da ladeira da Borborema parece ser a única complicação em que Das Neves e seu neto se envolvem, mas é na volta, dentro de uma Veraneio 73, irregular como o motorista Seu Agripino, que as coisas tendem a piorar. Cortando parte do Agreste e do Cariri paraibano, Eita Gota! mostra de forma resumida a origem de 13 cidades por onde passa a Veraneio de Seu Agripino, misturando personagens reais e fictícios em cenas de humor e forte emoção.

O autor - Natural de Monteiro-PB, Efigênio Moura é escritor, radialista e profissional de Marketing . Neto do poeta e radialista alagoano Efigênio Teixeira de Moura, herdou do avô a força das frases feitas em momentos de observação e descontração. A verve que o acompanha desde cedo tem DNA incrustado entre Pindoba,Palmeira dos Índios e Viçosa em Alagoas e concebido em Monteiro, interior da Paraíba, na terra onde a cultura e o amor ao chão do Cariri se solta feito chuva, pelos poros de quem nasceu por lá. Filho de alagoano de Pindoba e pernambucana de Lajedo, Efigênio Moura é formado em Marketing Estratégico, pela FPPD em Joao Pessoa.
Monteirense lança seu terceiro livro: Santana do Congo Monteirense lança seu terceiro livro: Santana do Congo Reviewed by Hugo Freitas on 17:44 Rating: 5

Nenhum comentário:

Espaço para interação entre os usuários e o Correio do Cariri. É importante salientar que as opiniões expressas não representam a opinião do nosso portal nem de seus organizadores.

Não somos responsáveis pelo material divulgado pelos usuários.

Tecnologia do Blogger.