Tv Correio do Cariri

Uma mulher foi flagrada na manhã deste domingo (2) tentando entrar com oito aparelhos celulares, 10 chips e três cartões de memória na Penitenciária Padrão de Campina Grande, durante o horário de visita.
Os objetos estavam amarrados entre as pernas de uma criança de 11 anos, filha da acusada, que estava vestindo uma calça e pretendia visitar seu pai. O material proibido foi visto no momento em que a mulher e a criança passavam pela revista.
De acordo com o diretor da unidade, Anselmo Costa, a acusada foi detida e encaminhada à delegacia de polícia. Ela teve a carteira de visitante apreendida e não poderá mais ingressar na penitenciária.
“A orientação do secretário Wallber Virgolino é de fecharmos o cerco para toda e qualquer tentativa de entrada de objetos proibidos em presídios. Toda semana, nós flagramos situações diferentes protagonizadas por alguns familiares de presos, o que comprova que não é tão fácil assim burlar nossa vigilância”, disse o diretor.

secom/pb


Reviewed by Anônimo on 19:43 Rating: 5

Nenhum comentário:

Espaço para interação entre os usuários e o Correio do Cariri. É importante salientar que as opiniões expressas não representam a opinião do nosso portal nem de seus organizadores.

Não somos responsáveis pelo material divulgado pelos usuários.

Tecnologia do Blogger.