Tv Correio do Cariri

Jutay Meneses se mostra surpreso com as acusações do deputado Anísio Maia

O deputado Jutay Meneses (PRB) respondeu com surpresa as ácidas acusações do deputado Anísio Maia (PT), na qual aponta como ‘eleitoreira’ a distribuição de cestas básicas feitas pela superintendência nacional da Pesca na Paraíba, comandada por Samuel Lemos (PRB).
“Não entendo onde o deputado quer chegar com o que disse. Como pode se estar fazendo distribuição eleitoreira - ou, como disse, “só para quem vota em X e Y” - se muitos dos que receberam as cestas foram pescadores que abertamente declaram seu compromisso com Anísio? E questiono ainda: a eleição já começou?”, indagou Jutay.
Destacando que não estaria dando resposta às acusações ‘apelativas’ de Maia – “que precisam ser provadas”, como destacou – mas à classe pesqueira da Paraíba e aos paraibanos em geral, Jutay contou que cinco mil cestas básicas foram enviadas pelo Governo Federal, para serem distribuídas entre 18 mil famílias de pescadores pela Paraíba.
“Diante da escassez, nosso critério de distribuição foi muito simples: dividimos com os pescadores das regiões mais afetadas pela seca, a exemplo de Santa Luzia e Patos”, afirmou o deputado.
Sobre as acusações dando conta que 600 carteiras de pescadores estariam canceladas, Jutay corrigiu: “O que existem são 600 carteiras ‘suspensas’ e não canceladas. E mais: mesmo sob essa situação, nenhum pescador perdeu qualquer benefício, apenas estão pendentes de recadastramento”.
Outro ponto corrigido da fala de Anísio Maia se refere ao prazo estabelecido para o pescador se recadastrar junto ao Ministério da Pesca. Segundo o petista, esse seria de um mês, mas Jutay contesta e explica: “A partir do dia do seu aniversário, o pescador tem 60 dias para fazer um recadastramento pela internet, podendo qualquer pessoa fazer isso por ele, caso não tenha conhecimento em informática. Na ocorrência de perder esses 60 dias, ele ainda tem mais 60 dias para que o presidente da colônia faça esse recadastramento junto à Superintendência. No final das contas, para que uma carteira seja cancelada passa por um processo de cinco meses”.
Ao lembrar que Anísio ‘reclamou’ que, ao sair da superintendência da Pesca na Paraíba, deixou 30 projetos em execução, Meneses questionou: “Quais? Seria o terminal pesqueiro de Cabedelo, que foi inaugurado três vezes e nunca funcionou, e que só agora vai? Seria o ‘Projeto Garça’, também em Cabedelo, que as marisqueiras lançaram a pedra fundamental e não tem um tijolo em pé lá? Seria a compra dos cinco barcos da COPA, que só chegaram dois e nunca funcionaram, e que só agora vão ao mar?”.
Ao ser questionado sobre as razões que levariam Anísio Maia a insistir nos ataques ao grupo que hoje comanda a pesca na Paraíba, Jutay se disse desinteressado em alimentar essa disputa com Anísio.
“Não é da minha personalidade alimentar o ódio, rebatendo atitudes impensadas. Vamos trabalhar que é o melhor para todo mundo. Deixemos Anísio em paz com os problemas dele”, ponderou Meneses.
Jutay Meneses se mostra surpreso com as acusações do deputado Anísio Maia Jutay Meneses se mostra surpreso com as acusações do deputado Anísio Maia Reviewed by Hugo Freitas on 23:59 Rating: 5

Nenhum comentário:

Espaço para interação entre os usuários e o Correio do Cariri. É importante salientar que as opiniões expressas não representam a opinião do nosso portal nem de seus organizadores.

Não somos responsáveis pelo material divulgado pelos usuários.

Tecnologia do Blogger.