Tv Correio do Cariri

Projeto social de Toinho do Sopão gera economia de R$ 3 mil para bolsos dos cidadãos em quatro anos de mandato

O deputado estadual Toinho do Sopão (PEN) destacou, nesta quinta-feira (10), o valor da economia que o projeto "Sopão da Solidariedade" proporciona aos cidadãos beneficiados pela sopa servida todos os dias úteis em quatro pontos de João Pessoa. 
De acordo com o parlamentar, em quatro anos do seu mandato, a economia alimentar de cada beneficiado com o “Sopão Solidário”, alcança a cifra dos R$ 3 mil. 
O deputado, afirma que o projeto social que promove visa beneficiar o maior número de pessoas possíveis que podem economizar o valor de um lanche ou uma sopa diariamente. 


“Se a pessoa for utilizar do meu sopão diariamente calculando uma semana com cinco dias úteis, a economia anual chega aos R$ 780,00 tendo como base de cálculo o consumo no valor de R$ 3 de um lanche ou sopa em 52 semanas, durante quatro anos, se economizaria cerca de R$ 3 mil. Isso é algo de fundamental importância para a vida de quem precisa se alimentar”. 
Toinho disse ainda que as pessoas devem olhar o projeto “Sopão Solidário” com olhos positivos, uma vez que ele realmente faz a diferença na vida de muitos cidadãos humildes da Capital. 
“As pessoas devem visualizar o projeto de forma positiva. Alguns não acham que o “Sopão” seja um projeto social, mas, tanto é, que beneficia muito pais e mães de família de baixa renda e é por isso que quem precisa, reconhece”, explicou.

Projeto social de Toinho do Sopão gera economia de R$ 3 mil para bolsos dos cidadãos em quatro anos de mandato Projeto social de Toinho do Sopão gera economia de R$ 3 mil para bolsos dos cidadãos em quatro anos de mandato Reviewed by andre luiz on 06:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Espaço para interação entre os usuários e o Correio do Cariri. É importante salientar que as opiniões expressas não representam a opinião do nosso portal nem de seus organizadores.

Não somos responsáveis pelo material divulgado pelos usuários.

Tecnologia do Blogger.