Tv Correio do Cariri

Presidente do IPSERB qualifica ex-gestão de desastrosa por ter deixado débito em torno de 1,9 milhões

O Presidente do Instituto de Previdência Municipal de Serra Branca (IPSERB), Ronaldo Pinto concedeu na manhã desta quarta-feira (4) entrevista exclusiva ao portal de notícia Cariri em Ação e falou sobre a situação financeira do IPSERB.

Ronaldo revelou a nossa reportagem que encontrou uma situação muito difícil no Instituto de Previdência Municipal ao retornar os trabalhos atualmente. Segundo Ronaldo, ao deixar o instituto ano passado, ele havia deixado aproximadamente 700 mil reais em uma conta da Caixa Econômica Federal e 300 mil reais em uma conta do Banco do Brasil, mas ao retornar aos trabalhos na gestão do prefeito Souzinha, as contas estavam zeradas.

De acordo com o presidente do IPSERB, a Prefeitura Municipal deixou ainda de fazer os repasses ao IPSERB, que já contabilizam o valor de 1.321.054,64 (Um milhão, Trezentos e vinte um mil, cinquenta e quatro reais e sessenta e quatro centavos). Ele lembrou que a antiga gestão também deixou de fazer o repasse de vinte e quatro parcelamentos que soma um debito de 206 mil reais.

“A nova gestão ainda encontrou em atraso na folha dos aposentados e pensionistas no mês de dezembro, no valor de R$ 266.131,87 e outras despesas administrativas que somam o valor de 14.139,75 acumulados dos meses de outubro, novembro e dezembro de 2016”, acrescentou.

Ronaldo ainda revelou que os a aposentados consignados tem dois meses de atrasos, que inclusive, já estão recebendo notificações que os nomes estão no SPC, e qualificou o atraso como uma imoralidade.

Ainda, segundo informações prestadas pelo setor contábil do IPSERB o saldo devedor de parcelamento é de 3.215.695,98. O presidente do IPSERB informou ainda que já esteve conversando com o prefeito Souzinha e que o mesmo firmou o compromisso de honrar os parcelamentos com o instituto. Ronaldo Pinto ainda lamentou a falta de compromisso da ex-gestão com as previdências próprias do município, e destacou ainda, que a Prefeitura deve 5,5milhões de reais ao IPSERB.

Ao fazer lembrança da antiga gestão, Ronaldo qualificou como uma gestão desastrosa e afirmou que o ex-prefeito não sabia sequer qual a lei que rege o IPSERB, que o mesmo nunca participou de nenhuma reunião para saber quais as necessidades do instituto. “Não estou falando da pessoa do ex-prefeito, mas da administração que foi um desastre […] Todo mundo sabe que foi uma gestão desastrosa, eu garanto a todos que vamos trabalhar incansavelmente para reerguer o instituto de previdência de Serra Branca,” finalizou.


Fonte:Cariri em Ação
Presidente do IPSERB qualifica ex-gestão de desastrosa por ter deixado débito em torno de 1,9 milhões Presidente do IPSERB qualifica ex-gestão de desastrosa por ter deixado débito em torno de 1,9 milhões Reviewed by Hugo Freitas on 11:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Espaço para interação entre os usuários e o Correio do Cariri. É importante salientar que as opiniões expressas não representam a opinião do nosso portal nem de seus organizadores.

Não somos responsáveis pelo material divulgado pelos usuários.

Tecnologia do Blogger.