Tv Correio do Cariri

Preso no Rio de Janeiro paraibano acusado de 18 homicídios

Após uma intensa investigação, policiais da Delegacia de Mari, coordenados pelo delegado Reinaldo Nóbrega, prenderam, na manheã de terça-feira (9), na cidade do Rio de Janeiro - RJ, Eduardo Otávio Melo de Lima, de 20 anos. Ele é acusado de cometer mais de 18 homicídios nas cidades de Mari e Sapé e é considerado um dos chefes de uma organização criminosa que tem atuação na Paraíba. 
De acordo com o delegado Reinaldo Nóbrega, a organização criminosa, que funcionava em Mari, começou a ser desarticulada ainda no ano passado. Em 2012, a polícia também iniciou investigações sobre o paradeiro de Eduardo Melo e, depois de várias ações executadas pelo Estado, descobriu-se que ele tinha fugido para o Rio de Janeiro e estava morando na comunidade Cidade de Deus. 
Desde então, os passos de Eduardo começaram a ser monitorados e na madrugada de terça-feira, com o apoio de 20 policiais do Rio de Janeiro, o delegado, junto com mais dois agentes da Polícia Civil da Paraíba, conseguiu prender o acusado. 
 A Polícia acredita que o acusado, que já foi indiciado por 18 homicídios, tenha participação em mais de 30 crimes, porém ele confessou envolvimento em 12 casos. Um deles é o esquartejamento de dois irmãos, em julho do ano passado, em Mari. Além disso, o preso tem participação direta com quadrilhas de tráfico de drogas que atuavam no Brejo Paraibano. 
As investigações apontaram também que, mesmo longe da Paraíba, Eduardo Melo continuava agindo no Estado, porque há indícios de que, com a prisão de parte da quadrilha em 2012, ele passou de executor para mandante dos crimes na região. 
O secretário de Segurança e Defesa Social, Cláudio Lima, salientou que o trabalho rigoroso de investigação envolvendo 31 pessoas levou à prisão um dos chefes do tráfico de drogas que atuava em Mari.  Para o secretário, “ações como esta mostram o esforço das polícias em desarticular organizações e diminuir a criminalidade no Estado”. 
Segundo o delegado Reinaldo, a prisão de Eduardo Melo foi “muito importante porque representa uma vitória no combate ao crime da região de Mari, já que o acusado é um homem perigoso e de muita influência dentro da organização criminosa que atua no Brejo paraibano”. 
Eduardo chegou à Paraíba no fim da manhã desta quarta-feira (10), em um voo comercial escoltado pelos policiais responsáveis pela prisão, e agora está à disposição da Justiça. 
Preso no Rio de Janeiro paraibano acusado de 18 homicídios Preso no Rio de Janeiro paraibano acusado de 18 homicídios Reviewed by Hugo Freitas on 22:19 Rating: 5

Nenhum comentário:

Espaço para interação entre os usuários e o Correio do Cariri. É importante salientar que as opiniões expressas não representam a opinião do nosso portal nem de seus organizadores.

Não somos responsáveis pelo material divulgado pelos usuários.

Tecnologia do Blogger.