Tv Correio do Cariri

Bombeiros acusados de orgia em quartel são ouvidos na Justiça do RJ


Os bombeiros Anderson Luiz Santana Machado e Vagner da Silva Oliveira, do 4º GBM da Posse, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, foram ouvidos na Auditoria da Justiça Militar do Rio, acusados de promover orgia dentro de um quartel. A audiência presidida pela juíza Ana Paula Monte Figueiredo Pena Barros foi realizada na segunda-feira (13).
Flagrado em fotografias publicadas na internet mantendo relações sexuais com um casal dentro do quartel, o cabo Machado afirmou em juízo que o ato sexual foi praticado do lado de fora do quartel e alegou que as fotos foram "montadas" – editadas em computador. As informações são do Tribunal de Justiça do Rio.
De acordo com a promotoria, a entrada do casal do casal no quartel foi autorizada pelo sargento Vagner.
Entenda o caso

De acordo com o Ministério Público Militar, no dia 22 de junho do ano passado, o cabo Machado, com o consentimento do sargento Vagner, teria mantido relações sexuais nas instalações do quartel com um casal que conhecera na internet. As fotos, nas quais aparecem cenas de sexo explícito tendo como cenário viaturas do Corpo de Bombeiros,  foram colocadas em um site pornográfico.

“Recebo a denúncia, eis que presentes indícios de autoria e materialidade, conforme farto material fotográfico que instrui o procedimento administrativo, bem como teor dos depoimentos colhidos durante a fase inquisitiva”, afirmou o juiz Marcius da Costa Ferreira, na decisão da noite de terça-feira (16).
Os bombeiros respondem pelo crime de pederastia, artigo 235 do Código Penal Militar (CPM): "Praticar, ou permitir o militar que com ele se pratique ato libidinoso, homossexual ou não, em lugar sujeito a administração militar.
Bombeiros acusados de orgia em quartel são ouvidos na Justiça do RJ Bombeiros acusados de orgia em quartel são ouvidos na Justiça do RJ Reviewed by Raíza on 17:02 Rating: 5

Nenhum comentário:

Espaço para interação entre os usuários e o Correio do Cariri. É importante salientar que as opiniões expressas não representam a opinião do nosso portal nem de seus organizadores.

Não somos responsáveis pelo material divulgado pelos usuários.

Tecnologia do Blogger.