Tv Correio do Cariri

Radialista morto em Patos já havia deixado mensagem anunciando o suicídio que abalou a cidade.



Ele já tinha demonstrado que queria fazer isso”. Esta foi a revelação feita pelo radialista Célio Martinez a reportagem do maispatos.com ao comentar sobre a morte do colega de trabalho Gilberto Oliveira, conhecido como Betinho, que cometeu suicídio nos estúdios da rádio Morada do Sol, na madrugada desta terça-feira (30). A morte foi provocada, após o radialista ingerir vários comprimidos de Rivotril, veneno para ratos e soda cáustica. 

O suicídio de Betinho aconteceu justamente no dia em que ele completaria 44 anos. Segundo Célio, em 2012, ele teria enviado algumas mensagens dizendo que iria cometer suicídio, justamente no dia do seu aniversário.
“Ele mandou a mensagem para o celular de uma colega de trabalho nossa e pra mim. Logo nós ficamos preocupados e conversamos com ele, para que tirasse essa ideia da cabeça, pois não só ele teria um grande prejuízo nessa história, mas nós também”, revelou.
Célio teve acesso a algumas pessoas que chegaram a ler a mensagem que Betinho deixou em seu celular. Ele afirmava que havia deixado dinheiro em sua conta e que a família deixasse uma parte para o seu irmão mais velho e a outra parte quitasse as suas dívidas. Betinho ainda pediu desculpas aos familiares e amigos, mas que tomou essa decisão, pois as suas condições de vida estavam insustentáveis.
Martinez ainda declarou que a imprensa patoense teve uma grande perda, pois Betinho era um profissional exemplar e um grande amigo.
“A imagem que nós temos de Betinho ficará muito bem guardada dentro de nós. Um ser humano exemplar, que além de radialista, também era agente comunitário de saúde e nesta função ajudou muitas pessoas que precisavam. Ele sempre falava pra gente que precisava ajudar alguém e nós víamos nos olhos dele a vontade de colaborar com os que mais precisavam”, disse.
Betinho foi encontrado pelo radialista Robério Lucena, por volta das 3h30 desta terça-feira ontem. O corpo foi encaminhado para o NUMOL (Núcleo de Medicina e Odontologia Legal) para ser necropsiado, o seu velório aconteceu na rua Ageu de Castro, no conjunto Noé Trajano. O sepultamento ocorreu em clima de comoção nesta quarta-feira (1), às 8h, no cemitério São Miguel na cidade de Patos.  

Radialista morto em Patos já havia deixado mensagem anunciando o suicídio que abalou a cidade. Radialista morto em Patos já havia deixado mensagem anunciando o suicídio que abalou a cidade. Reviewed by Raíza on 09:37 Rating: 5

Nenhum comentário:

Espaço para interação entre os usuários e o Correio do Cariri. É importante salientar que as opiniões expressas não representam a opinião do nosso portal nem de seus organizadores.

Não somos responsáveis pelo material divulgado pelos usuários.

Tecnologia do Blogger.